quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Café com Mark Webber


Hoje, fui até o Hotel Hilton e encontrei o piloto australiano Mark Webber. Ele estava tomando um café com um amigo e aceitou me dar uma entrevista.

Como das outras vezes que eu o encontrei, ele foi muito simpático e até postou uma foto minha no Twitter.

Gabriel Pandini - O que Aussie Grit (sua conta no Twitter) significa?
Mark Webber - Nunca desista, ter força para seguir em frente. Você gosta do Twitter?

Gabriel Pandini - Sim, eu gosto e tenho uma conta do Twitter.
Mark Webber - Então vou tirar uma foto sua e colocar no Twitter.

Gabriel Pandini - Sua ultrapassagem no Alonso em Spa foi a melhor que você já fez?
Mark Webber - Uma das melhores. Muito difícil de fazer, porque tem que ser no momento exato. Foi uma manobra muito compensadora, e ultrapassar Fernando é sempre muito recompensador.

Gabriel Pandini - Foi com DRS?
Mark Webber - Não.

Gabriel Pandini - Falando em DRS, o que você acha dela, você acha que ela é justa?
Mark Webber - (pausa) É uma coisa que estamos começando a nos acostumar, pois é o primeiro ano na Fórmula 1. Eu acho que as pessoas mais puristas, nós preferimos corridas sem DRS, mas eu acho que ela tem o seu papel na F1 este ano.

Gabriel Pandini - Você tem vontade de correr pela Ferrari quando sair da Red Bull?
Mark Webber - A Ferrari é uma equipe para a qual todo piloto de F1 gostaria de pilotar. Nos últimos cinco anos, eu sempre lidei com as coisas à medida que elas apareciam. Eu estou ansioso pelo próximo ano com a Red Bull e seis meses na F1 é muito tempo. Vamos ver o que acontece.

Gabriel Pandini - Quais são seus melhores amigos na F1?
Mark Webber - Eu não tenho nenhum amigo (risos). Jenson e Rubens.

Gabriel Pandini - O que você acha da Fórmula Indy?
Mark Webber - Eu nunca tive vontade de correr na Fórmula Indy. No começo dos anos 90, eu costumava assistir, vendo pilotos como Rick Mears e Emerson Fittipaldi. Não sou muito fã de circuitos ovais, mas eu gosto de ver porque eu tenho amigos lá, como Will Power, Scott Dixon, Ryan Briscoe e eu conheço Tony Kanaan.

Gabriel Pandini - Você é amigo do Tony?
Mark Webber - Eu o conheço, mas não muito bem, porém é um cara legal.

Gabriel Pandini - Quais eram suas matérias favoritas na escola? Você tinha boas notas?
Mark Webber - Não muito ruins, eu era bom em Agricultura, porque eu morava no campo, Ciências e Educação Física.

Gabriel Pandini - Você era bom em Matemática?
Mark Webber - Não (risos). Matemática é duro.

Gabriel Pandini - Você brincava com carrinhos quando você era criança?
Mark Webber - Claro! Brincava com os Matchbox.

Gabriel Pandini - E Hot Wheels?
Mark Webber - Hot Wheels ainda estavam chegando quando eu era pequeno. Essa é uma das melhores entrevistas que eu dei nesse ano! (risos)

Gabriel Pandini - Você tinha ídolos no automobilismo quando era criança?
Mark Webber - Com certeza. Eu tinha muitos ídolos

Gabriel Pandini - Alan Jones?
Mark Webber - Não, ele corria antes de eu começar a gostar de Fórmula 1. Comecei a gostar no fim dos anos 80, com Ayrton Senna, Nelson Piquet, Alain Prost, Mansell, esta geração. Eu também gostava de motociclismo: Michael Doohan, Wayne Rainey. Estes dois caras eram os meus dois grandes heróis. A F1 vinha depois.

Gabriel Pandini - Qual seu carro de rua?
Mark Webber - Porsche.

Gabriel Pandini - Cayenne?
Mark Webber - Não, 911 turbo. Você tem um Porsche?

Gabriel Pandini - Infelizmente não. (risos) Qual foi o pior momento na sua carreira?
Mark Webber - Quando eu tive um grande acidente em 1999, em Le Mans. Na verdade, tive vários acidentes sérios naquele final de semana, então acho que esse foi o pior momento. Porque tive de me recuperar dos acidentes e recuperar a confiança para continuar correndo.

Gabriel Pandini - Qual seu circuito preferido?
Mark Webber - Spa.

Gabriel Pandini - Você acha que o Kubica volta em 2012?
Mark Webber - Eu espero que sim. Todos desejamos o melhor para Robert, porque ele é um dos melhores pilotos do mundo. Foi infeliz o que aconteceu, ele é um cara forte, ele vai voltar. É uma questão de tempo. Os fãs, os pilotos, todos querem que ele volte logo, mas a saúde é o mais importante, qualidade de vida, ter certeza que ele está bem. O que vier a mais é lucro.

Gabriel Pandini - Obrigado, Mark!
Mark Webber - De nada!

36 comentários:

Grünwald disse...

Aí, moleque! Mandou bem! Perguntas diretas, temas diversificaddos. Curti!

Grande abraço do teu fã,
Grun

Mauro de Bias disse...

Muito bom. Se sua mãe for igual à minha (e pelo jeito é mesmo), deve estar até agora flutuando pela casa cheia de orgulho. Hahahaha.

Parabéns!

Marcos Antônio disse...

Muito legal a entrevista Gabriel mandou muito bem!deve ter sido uma entrevista bem divertida, parabéns!

Caio Vieira disse...

Gabriel, mt boa a entrevista!! No seu lugar eu estaria tremendo! Sempre tive a curiosidade de saber o significado do twitter dele, vlw pela ajudinha hhaha!

Pezzolo disse...

que show hem! vou te recrutar pra blogosfera!

Speeder_76 disse...

Parabéns! Gostei imenso. Já entrevistas como gente grande, excelente. Abraços!

L-A. Pandini disse...

Muito legal, filhote! Parabéns! Pode ter certeza de que o Mark Webber curtiu muito dar a entrevista para você.

Beijo grande!

Papai

Gui Barranco disse...

Parabéns Ga!
A entrevista ficou excelente!
Beijão!
Gui

luizano disse...

Cara, show!!!! tu é filho de tua mãe mesmo.

Abraço

Ingryd Lamas disse...

Parabéns Gabriel!!
Entrevista deliciosa de ler! Mark é sempre muitíssimo simpático, acho que um dos pilotos mais simpáticos do grid, e a gente consegue ver isso também na sua entrevista. =)

Mais uma vez parabéns!

beijos

Tatiana disse...

Excelente entrevista, Gabriel. Boas perguntas e timing perfeito. Parabéns!

Rodrigo Hanashiro disse...

Boa Gabriel!!
Depois desta, vai esquecer da minha.
Abs
Hana

Cleber Bernuci disse...

Grande Gabriel!
Belíssima entrevista, que serve de exemplo para os adultos que se julgam "entendidos". Keep pushin'!

Leone disse...

Cara adorei a tua entrevista!!! PARABÉNS GAROTO!!! Por favor, siga carreira nessa especialidade, vc tem um dom natural... SIGA EM FRENTE! Me tornei teu fã!!!!!!!

Harry Yamamoto disse...

Parabéns gabriel!! Tenho certeza que seus pais, principalmente a sua mãe está orgulhosos de voce! Continua assim! :)
Só duas perguntas! Sabe falar ingles? Se não sabe quem foi o seu tradutora??
abs
Harry Yamamoto

Felipe Paranhos disse...

Ficou demais!

Luciano Adinolfi disse...

Gabriel, muito boa a entrevista. Suas perguntas foram interessantes e mostraram que vc conhece o assunto. O Webber também se divertiu e deixou isso claro, principalmente quando vc passou a fazer perguntas sobre os carrinhos de ferro. Jornalista bom como o seu pai vc já mostrou que é. Vamos ver se será tão bom piloto quanto ele. Abç

Rômulo Barreto Fernandes disse...

Ótima entrevista! Parabéns!

Celso Vedovato disse...

Gabriel, dúvido alguém fazer uma entrevista melhor, com qualquer piloto nesta semana de GP Brasil.
Você nunca para de supreender.
Parabéns!

speed.king.thrasher disse...

Nossa! Muito boa mesmo a entrevista, viu! Bem descontraída e vc foi um ótimo entrevistador. Nada melhor para um amante da F1 do q entrevistar um piloto ainda jovem; e ñ qualquer um... um Mark Webber!

Parabéns, rapaz!

bruno mantovani disse...

Grande Gabriel! Parabéns mesmo. Vc é demais!

Mário Fittipaldi disse...

Graaaande Gabriel! ficou Show! Até passei a gostar mais do Mark Webber depois de ler a sua entrevista ;-)
PARABÉNS!

Paula Pacheco disse...

Parabéns, Gabriel, muito boa a entrevista, perguntas objetivas e variedade de assuntos, mostrou que conhece o tema, adorei!

Beijão!

Paula e Baldini

Bianca Moura disse...

Como eu já disse, essa foi uma das melhores entrevistas que eu li na vida! Incrível, parabéns.

Anônimo disse...

Sensacional! Não imaginava que o Mark Webber fosse esse gente boa. Mas, pra mim, campeão mesmo é o Gabriel. Perguntas inteligentes, interação com o entrevistado, temas variados, curiosidades... Parabéns garoto!!! Grande Abraço!
Miguel Passos

Márcia disse...

Oi, Gabriel. Depois de dois dias sem internet, finalmente consegui ver a sua entrevista. Parabéns, está ótima! Coisa de profissional.
Estou com saudades de vc. Bjs.
Marcinha

Anônimo disse...

Nossa! Que demais Gabriel! Gostei muito das suas perguntas, principalmente se ele brincava com carrinhos (rs...)

Abraço,
Marcelo Cardoso

Meimy disse...

Ga, muito boa reportagem! Parabéns! bjs

André Candreva disse...

Gabriel,

excelente trabalho... mandou muito bem... gostei da entrevista...

abs...

Anônimo disse...

ENTREVISTA DE GENTE GRANDE- PARABÉNS

Anônimo disse...

Parabéns pela entrevista com Mark Webber.
Muito bom, como tudo que você escreve.

Um beijo.
Vovó Cecilia

Anderson Nascimento disse...

Coisa fina essa entrevista hein? Moleque ousado rsrsrs. Parabéns e muito boa de ler essa entrevista!
Abraços!

HIPERFANAUTO disse...

Gabriel,

Meus parabéns pela ótima e inteligente entrevista com o Mark.
Uma entrevista descontraida, interativa, que só poderia ser realizada por uma pessoa de incrivel talento.
Espero num futuro bem próximo, ver voce na Midia, nos brindando com esta qualidade de trabalho.

Abs,

Anônimo disse...

Grande!

Eu lia exporáticamente teu blog, mas com essa entrevista virei fã.
Gabriel, temos tudo em comum. tenho uma coleção de miniaturas. Muitos Slots Cars, Autorama. Corro de Kart e sempre sou quase campeão, falta sempre um pouquinho. Estou cursando a faculdade de letras/espanhol da UFSC. Nossa idade é quase a mesma, pena que físicamente tenho 50 anos.
Abraço Forte e parabéns.
Pedrão-SMO

Anônimo disse...

Grande Gabriel!
Parabéns!
Ótima Entrevista!
Esse menino vai longe!
Será um grande jornalista!

Beijooooooooos

Vovó Zinzin

rodrigo_davidson disse...

Gabriel, parabéns pelo seu blog!!!
Sou fanzão de corridas e velocidade!

Parabéns, e parabéns!

Se quiser falar comigo o meu email e este:

rodrigo_davidson@hotmail.com
Abraços,
Rodrigo