sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Tristeza aposentada


David Couthard foi uma tristeza no Brasil este ano.
O escocês que fazia sua última corrida na F1 só foi dar a largada e bater com Nelsinho Piquet que estava com capacete especial. Com gotas patriotas.
Couthard tinha tudo para chegar aos pontos em sua última corrida.
Fiquei muito chateado quando ele bateu.
Queria que fizesse uma corrida honrosa como fez Michael Schumacher no Brasil em 2006.
Naquela corrida aconteceu de tudo com ele.
Furou pneu, foi para o box,ficou em último fazendo uma corridaça.
Mas quando Couthard bateu foi uma chateação enorme.
Que jeito de se aposentar.

4 comentários:

Mandy disse...

Pois é, Gabriel... apesar de eu não gostar muito do Coulthard, fiquei triste com o que aconteceu. Ele não precisava terminar a carreira dele deste jeito.

Alessandra Alves disse...

Mas, pelo menos, ele foi muito homenageado pela equipe. No domingo, pela manhã, havia tocadores de gaita de foles (típicos da Escócia) andando pelo pit lane, como forma de marcar a despedida de DC.

L-A. Pandini disse...

Eu também fiquei triste, Gabriel. Gosto do Coulthard, acho que ele foi subestimado pela própria McLaren.

Gabriel Pandini disse...

Ey concoedo com todos vocês mas ele pelo menos foi homenageado por todo mundo.